Descubra mais sobre a Meteorologia na Maia

Tel: 22 406 21 26 | Email: geral@maiahoje.pt



Junta investiu, em 2016, apenas 99 cêntimos por habitante

Junta investiu, em 2016, apenas 99 cêntimos por habitante

Realizou-se a 19 de abril, a Assembleia de Freguesia para análise e discussão do Relatório de Gestão e Contas de 2016 da Junta de Freguesia de Águas Santas.

Na discussão realizada o Partido Socialista teceu fortes críticas ao desempenho do atual Executivo do PSD, acusando-o de não investir na Freguesia, nas pessoas, na qualidade de vida, nas Escolas e nas Associações.
Sandra Barbosa, líder do PS na Assembleia de Freguesia, referiu que «as contas são o que são, não surpreendem o Partido Socialista! Estranho seria se fosse o contrário, porque efetivamente basta andar pela Freguesia e contactar com as pessoas para perceber que Águas Santas está parada!», disse.
O Partido Socialista ilustrou a incapacidade de investimento e de concretização do Executivo demonstrando que a Junta de Freguesia investiu em cada habitante da freguesia, no ano de 2016, 99 cêntimos. Segundo Sandra Barbosa este é um valor «de fazer corar qualquer um» de vergonha e o «desempenho da Junta de Freguesia analisado de forma séria leva qualquer um às lágrimas!», diz.
Na intervenção do Partido Socialista foi ainda feita uma análise do desempenho da Junta de Freguesia nos últimos 3 anos, tendo-se concluído que, em 5 áreas de atuação chave da Freguesia (Apoios às Escolas, Beneficiação de Escolas, Apoio a Instituições Sem Fins Lucrativos, Apoios a Famílias e Conservação de Arruamentos e complementares) a Junta apenas executou 52% das verbas orçamentadas. Segundo a líder da bancada, Sandra Barbosa, «esta Junta de Freguesia deixou de investir na Freguesia, nas pessoas e nos agentes da freguesia mais de 71.000 euros nos últimos 3 anos», refere.
Miguel dos Santos, candidato do PS à Junta de Freguesia e atual Presidente da Assembleia, sublinha que «com os mais de 71.000 euros que esta Junta não soube gerir e aplicar ao longo destes 3 anos o PS tinha conseguido, por exemplo, concretizar os dois projetos de orçamentos participativos que apresentou como propostas a esta Junta. Com esta verba colocaríamos as pessoas a pensar e a participar na gestão da Freguesia e os Agentes Locais (as Associações e as Escolas) a darem os seus contributos para melhorar a sua ação diária e a fortalecer a sua relação com a Freguesia», disse.
Miguel dos Santos refere ainda que «é com tristeza que constatamos que diariamente se perdem oportunidades para investir na Freguesia, nas Pessoas e nos seus Agentes», continuando a afirmar, ao fim destes anos, que «Águas Santas Merece Mais».
09-May-2017 às 12:40, Ana Sofia Silva

Escreva um comentário

Manuel Oliveira, recandidato à CP do CDS Maia Manuel Oliveira, recandidato à CP do CDS Maia

Decorreu no dia 13 de Novembro a Assembleia Distrital do Porto do CDS-PP com dois pontos apenas na ordem de trabalhos: eleição de 14 conselheiros nacionais do CDS-PP e balanço dos resultados eleitorais nas Autárquicas de 2017.

Continuar a ler »