Descubra mais sobre a Meteorologia na Maia

Tel: 22 406 21 26 | Email: geral@maiahoje.pt



Fazer o planeta “great again”

Fazer o planeta “great again”

Opinião de Emília Santos.

A polémica posição do presidente dos Estados Unidos sobre o Acordo de Paris (AP) esteve na ordem do dia na semana passada. Todos tivemos opinião acerca do tema, mas será que sabemos o que é o Acordo de Paris? 
O AP nasceu no final de 2015 em torno de um princípio fundamental: a necessidade de reconhecermos que as alterações climáticas são uma ameaça real e requerem uma atenção urgente porque as suas consequências são provavelmente irreversíveis.
Assim, perante o Acordo, os países comprometem-se a manter o “aumento da temperatura média mundial muito abaixo de dois graus celsius” em relação aos níveis anteriores à industrialização da sociedade. Ou seja, têm de trabalhar para reduzir a emissão de gases com efeito de estufa, que causam o tal aumento da temperatura. E obrigam-se a rever progressivamente essas metas para que o acordo tenha sucesso.
Mas as mudanças nos países e nas indústrias nacionais custam dinheiro. Quem paga tudo isto? Segundo o Acordo, os estados mais ricos devem ajudar os mais pobres. Ora, Trump não gosta disso. Em boa verdade, há três coisas de que o presidente norte-americano não gosta: as metas  estabelecidas para as emissões, o apoio aos países mais pobres e o valor a gastar em investigação de novas soluções.
No fundo, Trump diz que o acordo prejudica a economia do EUA e que o obrigaria a distribuir riqueza nacional para os outros países. Para além disso, gosta de negar que as alterações climáticas sejam reais. 
E nós? Nós aguardamos a resposta da União Europeia. Eu, como europeia, só vejo uma solução: prosseguirmos nós com o acordo. E juntarmo-nos aos países que também o quiserem manter, para criarmos uma verdadeira economia verde, em que só entram aqueles que quiserem proteger o nosso planeta. 
Se o argumento americano é económico, vamos dar-lhes verdadeiras preocupações económicas para aderir! Mais do que isso, vamos mostrar a Trump que a União Europeia, como diz Macron, está determinada em fazer o planeta “great again”!


Deputada à Assembleia 
da República

21-Jun-2017 às 15:51, Ana Sofia Silva

Escreva um comentário

O êxodo Europeu na Saúde: Seguir realização profissional ou financeira? O êxodo Europeu na Saúde: Seguir realização profissional ou financeira?

Opinião de Ricardo Oliveira.

Continuar a ler »