Descubra mais sobre a Meteorologia na Maia

Tel: 22 406 21 26 | Email: geral@maiahoje.pt



"O ano da Transformação Digital"

"O ano da Transformação Digital"

A Quidgest, uma das mais prestigiadas empresas no desenvolvimento de soluções digitais para a gestão integrada de informação, realizou-se no passado dia 21 de Setembro, na Culturgest, em Lisboa, a Q-day 2017 conference.

Na conferência foi unânime a visão dos diversos oradores de que a Tecnologia está a operar transformações digitais que se estão a repercutir no desenvolvimento humano, social e económico, através de mudanças profundas no modo de pensar, planear, agir e concretizar as acções individuais e colectivas no seio das organizações humanas.

Foi interessante verificar que os mentores deste evento, foram inspirar-se nos 17 objetivos de desenvolvimento sustentável da ONU, para propor aos participantes, uma reflexão e consequente debate sobre a mudança de paradigma, em que a tecnologia deixa de estar apenas ou quase só ao serviço do seu próprio desenvolvimento, e passa definitivamente a colocar-se ao serviço da transformação digital, instituindo um conceito para a mudança, a partir de agora mais alicerçada numa base de suporte “imaterial” ou de software, porque cada vez menos dependente da realidade material, ou seja, do suporte “hardware”.

Esta era da transformação digital exige da tecnologia, mais do que nunca, uma resposta muito mais eficiente às necessidades reveladas pela realidade do quotidiano das organizações e das sociedades.

Estou certa que os vários oradores, sem terem combinado à priori entre si, acabaram por revelar uma estranha coincidência, no sentido em que todos sem exceção, e cada um à sua maneira, afirmaram que a transformação digital é o pronúncio da modernidade ou mesmo da pós-verdade, em que a mudança contínua se instalou e revela-se como realidade permanente.

Fica claro, que o grande negócio do futuro, como resposta à instituição dessa mudança contínua e reflexo dessa transformação digital, é o software. Negócio em que o investimento fulcral é a inovação, a investigação e o desenvolvimento de soluções digitais tão baratas e ágeis quanto possível. Negócio que se baseará na inteligência e no talento como capital essencial. Um capital que anima já hoje as agências de “head hunters” que lançaram a nível global, uma caça sem tréguas, aos cérebros brilhantes nessas matérias. Cérebros que hoje são pagos a peso de ouro pelas grandes corporações.

 A Q-day 2017 conference foi um evento que esteve ao nível das melhores conferências que se realizam no panorama internacional, versando estes temas de enorme acuidade.


Colaboração de Ana Margarida Sampaio
12-Oct-2017 às 16:36, Ana Sofia Silva

Escreva um comentário

Turismo da Maia com duas novas aplicações móveis Turismo da Maia com duas novas aplicações móveis

Maior proximidade com o turista e maximização da oferta turística

Continuar a ler »