Descubra mais sobre a Meteorologia na Maia

Tel: 22 406 21 26 | Email: geral@maiahoje.pt



LIGA: No Dragão SC de Braga forte, mas impotente para travar FC do Porto: 3-1

LIGA: No Dragão SC de Braga forte, mas impotente para travar FC do Porto: 3-1

Grande noite de futebol no Dragão, perante duas equipas fortes, ambas empenhadas em marcar, num jogo sem casos de maior, que fez muita publicidade ao desporto rei. Se fosse sempre assim….

No Dragão, o FC do Porto recebia o SC de Braga, e os 43627, na sua maioria adeptos da equipa da casa, receavam o que poderia acontecer depois de ter sido eliminada na Final Four da Taça da Liga, de estar a perder ao intervalo do jogo com o Estoril, e do empate em Moreira de Cónegos, todos eles sem golos marcados, em contraste com a produção ofensiva que evidenciava até aí.

O SC de Braga, a pouco pontos de distância e a lutar pelo quarto lugar, era um adversário de peso, e poderia causar estragos nas contas dos Dragões e na ambição de chegar ao fim em primeiro. E demonstrou-o em campo, apesar de ter consentido um golo logo aos 14 minutos, quando Alex Telles, quem mais, centra na perfeição para o centro da área onde surge sem marcação Sérgio Oliveira a cabecear vitorioso.

Em desvantagem, o SC de Braga, partiu para a frente e aos 31 minutos, empatou na sequência de um canto marcado por Jefferson a que Raúl Silva correspondeu com um toque de calcanhar, desviando a bola para o poste mais distante, onde bateu, entrando de seguida na baliza.

Perante o empate ressurgiam as dúvidas sobre a capacidade do FC do Porto voltar para a frente do marcador, mas a dúvida foi desfeita em apenas 7 minutos, quando Alex Telles, de novo ele, mete no centro da área, onde apareceu, imperial, Reyes a ganhar nas alturas aos centrais bracarenses, rematando em arco ao ângulo superior direito da baliza de Matheus, que bem se esticou, mas não logrou chegar-lhe.

Com este golo, ainda antes do intervalo, os pupilos de Sérgio Conceição ganhavam o ânimo suficiente para entrarem na segunda metade mais descansados, porém, logo no arranque deu nota de que pretendia ampliar a vantagem e garantir a vitória. Não deixou o Braga que após os minutos inicias se lançou ma busca do empate, que esteve quase a conseguir pelo menos duas vezes, mas não o conseguindo e perante um adversário mais forte, acabou por sofrer o terceiro pelo incontornável Aboubakar, novamente de cabeça e a centro de Alex Telles, cujas assistências valeram ouro para os Dragões.

Apesar de perdida a hipótese de empatar com um golo, o Braga continuou a tentar chegar à frente, e José Sá teve que se aplicar para evitar sofrer novo golo, o que não viria a acontecer.

Registo para a estreia no Dragão de Paulinho, Waris e o regressado Gonçalo Paciência filho de Domingos, o antigo goleador portista.

 

Imagens

03-Feb-2018 às 22:05, Francisco Bacelar

Escreva um comentário

Dragão: FC do Porto apresentou-se e empatou sem golos com o Newcastle Dragão: FC do Porto apresentou-se e empatou sem golos com o Newcastle

O FC do Porto apresentou-se hoje aos seus adeptos e associados, depois da conquista do último título da primeira Liga, que lhes fugia nos quatro anos anteriores.

Continuar a ler »