Descubra mais sobre a Meteorologia na Maia

Tel: 22 406 21 26 | Email: geral@maiahoje.pt



União Nogueirense FC na luta pelo acesso à I Divisão

União Nogueirense FC na luta pelo acesso à I Divisão

Decorreu na manhã do passado dia 24 de janeiro, na Cidade do Futebol, o sorteio da Fase de Subida do Campeonato Nacional da II Divisão em juniores A, que ditou que o Uniao Nogueirense FC vai começar em casa a sua luta pelo acesso à I Divisão Nacional

A equipa voltou a fazer história, ao ser a primeira equipa de Juniores do concelho da Maia a atingir uma fase final do escalão, tendo já garantida a presença nos Nacionais na próxima época.

O MaiaHoje falou com o treinador de Sub-19 do União Nogueirense FC, João Grosso, que acredita que a chegada a esta fase final «é fruto de vários anos de trabalho e dedicação».

 

MaiaHoje (MH) - Como descreve o percurso do União Nogueirense FC até à chegada à fase final do escalão, agora com a possibilidade de acesso à I Divisão Nacional?

João Grosso (JG) - Ao longo dos últimos anos o União Nogueirense FC vem crescendo de forma gradual e sustentada ano após ano. Foi aumentando sempre o número e qualidade dos atletas e equipas, o número e qualidade dos treinadores, foi subindo as equipas da formação para níveis cada vez mais altos. Frequentemente, está presente nas fases finais dos diversos campeonatos em que participa. Tem conquistado alguns campeonatos, mas, acima de tudo, promovendo e valorizando os seus jovens atletas. Foi possível desenvolver uma cultura e identidade bem vincada, e os nossos jogadores e equipas hoje são vistos como tendo qualidade. Desse crescimento havia o objetivo claro de colocar equipas nos Campeonatos Nacionais, sendo prioritário a equipa de sub-19. Após muito trabalho, muito esforço e muita resiliência foi possível, há duas épocas, subir, pela primeira vez na história do clube, ao campeonato Nacional da II Divisão. Foi possível garantir a manutenção logo na 1ª época e garantir o 1º lugar na fase de manutenção. Obviamente, perante isto, durante esta época criou-se o desejo de ir um pouco mais longe e conseguimos esta fase final. Portanto, resumindo, esta fase final é fruto de vários anos de trabalho e dedicação principalmente do nosso coordenador que é a imagem destes resultados. É também a consequência do trabalho de muitos treinadores e jogadores que todas as épocas foram contribuindo para a cultura do clube e o seu crescimento, não esquecendo os diretores e funcionários.

MH - O que distingue esta equipa de Juniores, sendo que é a primeira do concelho da Maia a alcançar este feito?

JG - Esta equipa do Juniores tem em comum com as outras equipas do União Nogueirense FC o facto de ter jogadores de qualidade, com ambição e paixão por jogar futebol. Normalmente, apesar de ser uma equipa sub-19, temos sempre muitos elementos de sub-18 no plantel.  A diferença para as outras equipas que o clube foi tendo neste escalão, tem a ver com ser constituída por cerca de metade de jogadores que já faziam parte do plantel na época passada e, portanto, já participaram neste campeonato nacional, o que lhes permitiu evoluir imenso e adquirir “experiência” nesta competição.

Esta equipa é também constituída maioritariamente por elementos que já estavam no clube e, muitos deles, com vários anos de clube, quase todos já tendo participado em fases de subida. Cada ano que passa, o número de elementos que são contratados para este escalão tem diminuído, devido ao trabalho que vem desde a base. Deste modo, é uma equipa muito identificada com a acultura do clube e com muito conhecimento e relação entre si.

MH - Quais as expectativas para o futuro? Como treinador, acredita que os Juniores A do União Nogueirense FC conseguirão integrar o grupo das três equipas que sobem à I Divisão do Campeonato Nacional?

JG - No futuro todos desejamos que o União Nogueirense FC continue o seu trajeto de crescimento, que outras equipas joguem nos campeonatos nacionais, que número de equipas e qualidade aumente, que a nível de estruturas seja possível dar um salto. Somos um clube com ótimas condições de trabalho, no entanto começa a ser necessária uma ampliação de espaços para dar seguimento ao aumento de jogadores e equipas. Nos juniores A, as expectativas são de aproveitar esta fase de subida para elevar o nosso nível de jogo, potenciar e valorizar os nossos jogadores, desfrutar o momento e, obviamente, lutar pelos 3 pontos em todos os jogos. Sabendo que vamos lutar contra 5 equipas de bom nível, mais habitadas a estas fases de subida, cujos clubes têm outra dimensão e investimento (principalmente a nível sénior, penso que todas são SADs, por exemplo) e que têm qualidade para subir. Nós temos um sonho que queremos muito conquistar e, é com isso em vista, que vamos trabalhar e jogar. Independentemente disso, já garantimos que na próxima época os Juniores competirão outra vez num campeonato nacional e estou certo que, aconteça o que acontecer, a ambição do clube não vai terminar por aqui.

 

05-Feb-2019 às 9:56, Ana Sofia Silva

Escreva um comentário