Descubra mais sobre a Meteorologia na Maia

Tel: 22 406 21 26 | Email: geral@maiahoje.pt



LIGA: Dérbi morno, com vitória por 2-0 dos portistas

LIGA: Dérbi morno, com vitória por 2-0 dos portistas

Era mais um dérbi da cidade do Porto que punha frente a frente as principais equipas da cidade. Venceu a equipa da casa, perante um Boavista operário mas sem argumentos para evitar a derrota.

O FC do Porto precisava dos três pontos no dérbi para garantir a continuação da luta elo título, pelo que começou a procurar o golo desde o primeiro minuto, perante um Boavista bem fechado atrás e quase inofensivo no ataque com exceção de um remate aos 10 minutos com a bola a passar rente ao ferro de Casillas.

No entanto a posse de bola que haveria de ser de 73% no final do primeiro tempo, não era, sinónimo de golos nem tão pouco de perdidas demasiado flagrantes, uma vez que o Boavista, com praticamente 5 homens na defesa ia dando para as encomendas do caudal ofensivo dos dragões.

De tal forma que foi apenas já quase no fecho da primeira parte, aos 41m que Soares chegaria ao golo, através da marcação de uma grande penalidade a castigar empurrão de Raphael Silva sobre Brahimi, resultado que permaneceria ao intervalo, apesar do FC do Porto, por Marega, ter introduzido a bola na baliza forasteira, mas o lance seria anulado após consulta do VAR.

Para a segunda metade a vantagem magra de um golo seria sempre um perigo, pelo que com apenas 3 minutos de jogo, e no seguimento de um canto curto, Otávio, de fora da área descaído na direita, tirou as medidas à baliza e rematou forte e cruzado sem qualquer hipótese para um impotente Bracali.

Com a vantagem ampliada, o FC do Porto recuou e foi a vez do Boavista invadir o meio campo adversário sem contudo ousar criar qualquer perigo, num domínio mais consentido do que conseguido, que durou o resto do jogo, sem grandes oportunidades, de parte a parte.

Com este resultado o FC do Porto conquistou os três pontos e fica agora a aguardar o resultado do Benfica para saber em que posição fica, se na liderança partilhada ou se porventura logra ficar isolado, em caso de desaire do até agora líder.

 

Imagens

05-Apr-2019 às 23:48, Francisco Bacelar

Escreva um comentário