Descubra mais sobre a Meteorologia na Maia

Tel: 22 406 21 26 | Email: geral@maiahoje.pt



ALERTA DE CHUVA FORTE E TROVOADA

ALERTA DE CHUVA FORTE E TROVOADA

Segundo informações do IPMA prevê-se que a partir da noite de dia 7 e até ao dia 9 de Outubro possam ocorrer períodos de chuva ou aguaceiros, por vezes fortes e acompanhados de trovoada.

EFEITOS EXPECTÁVEIS

Face à situação acima descrita, poderão ocorrer os seguintes efeitos:

 Piso rodoviário escorregadio e eventual formação de lençóis de água;

 Possibilidade de cheias rápidas em meio urbano, por acumulação de águas pluviais ou insuficiências dos sistemas de drenagem;

 Possibilidade de inundação por transbordo de linhas de água nas zonas historicamente mais vulneráveis;

 Danos em estruturas montadas ou suspensas;

 Queda de árvores e estruturas soltas;

 Inundações de estruturas urbanas subterrâneas com deficiências de drenagem;

 Eventuais dificuldades com embarcações e possibilidade de acidentes junto à costa devido à agitação marítima;

 Instabilização de terrenos em taludes associada à precipitação.

RECORDA-SE QUE TODOS ESTES CENÁRIOS PODEM SER PREVENIDOS SE, ATEMPADAMENTE, FOREM TOMADAS MEDIDAS QUE ANULEM OU MINIMIZEM OS SEUS EFEITOS.


Os Departamentos de Protecção Civil Municipais recomendam à população a tomada das necessárias medidas de prevenção e precaução, tomando especial atenção:

 Às informações do Instituto Português do Mar e da Atmosfera e indicações, da Proteção Civil e das Forças de Segurança;

 À desobstrução dos sistemas de escoamento das águas pluviais, como bueiros, algerozes e caleiras, e retirada de inertes e outros objetos que possam ser arrastados ou criem obstáculo ao livre escoamento das águas;

 A adoção de uma condução defensiva, reduzindo a velocidade e tendo especial cuidado com a possível formação de lençóis de água nas vias ou com a redução da visibilidade e ao não atravessamento de zonas inundadas, de modo a precaver o arrastamento de pessoas ou viaturas para buracos no pavimento ou caixas de esgoto abertas;

 À circulação ou estacionamento em áreas arborizadas tendo especial atenção à possibilidade de queda de ramos e árvores, em virtude de vento mais forte;

 À adequada fixação de estruturas soltas, nomeadamente, andaimes, placards e outras estruturas suspensas;

 Não praticar atividades relacionadas com o mar ou nas zonas costeiras, nomeadamente pesca desportiva, desportos náuticos, passeios à beira-mar e não estacionar veículos na orla marítima. 


07-Oct-2014 às 17:30, redacção

Escreva um comentário